.:: Notícias Facimp ::. |

set/13

27

Alunos de Direito da FACIMP se destacam em apresentação de trabalhos científicos na PUC-SP

 

Por ser a única Instituição a ser representada apenas por graduandos, chamou atenção a apresentação dos 18 estudantes de Direito da FACIMP no II Congresso Nacional da Federação de Pós-Graduandos em Direito – FEPODI, sediado na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP, nos dias 19 e 20 de setembro de 2013, com o tema “Pós-graduação e extensão universitária”.

O evento contou com mais de duzentos resumos aprovados após criteriosa seleção, em sua maioria juristas ligados à docência em direito com pós-graduação, mestrado ou doutorado, e a representação das mais emblemáticas instituições de ensino superior do país, o que fez com que os trabalhos apresentados pelos alunos da FACIMP fossem bem sucedidos após rigorosa avaliação.

Segundo a acadêmica Maria da Conceição Clemente, do 9º período noturno, a comissão que avaliou seu trabalho afirmou que a apresentação não deixou nada a desejar aos trabalhos dos mestres e doutores já avaliados. O tema do trabalho foi “A Isonomia Tributária Proveniente do Tráfico de Entorpecentes e o Principio da Pecúnia Non Olet”. “A apresentação foi feita para uma banca formada por grandes nomes do Direito Nacional, fiquei muito feliz com o resultado”, disse ela.

Para o professor Pedro Henrique Savian Bottizini esta foi uma boa oportunidade que proporcionou um aprofundamento dos conhecimentos jurídicos que contou com a presença de ilustres professores e doutrinadores como a Prof. Dra. Norma Sueli Padilha – PUC/SP, Prof. Dr. Wagner Balcra – PUC/SP, Prof. Dr. Rubens Becak – USP, entre outros.

Trabalhos apresentados:

GENIVALDO ARCANJO DE MATOS JUNIOR – A IMUNIDADE TRIBUTARIA DA IMPRENSA NAS PUBLICAÇÕES ELETRONICAS - (9º Período Noturno)

JESSICA M. G. DA SILVA DINIZ – DESMATERIALIZAÇÃO DOS TITULOS DE CRÉDITOS -(9º Período Noturno)

TALYSON SOUSA PEREIRA – O PRINCIPIO DA ANTERIORIDADE TRIBUTARIA COMO DIREITO FUNDAMENTAL DO CONTRIBUINTE –  (9º Período Noturno)

MARIA CONCEIÇÃO CLEMENTE ARAUJO SILVA – A ISONOMIA TRIBUTARIA PROVENIENTE DO TRAFICO DE ENTORPECENTES E O PRINCIPIO DA PECÚNIA NON OLET   - (9º Período Noturno)

GLADENYA CARNEIRO DOS SANTOS MACEDO – A CONTROLADORIA INTERNA NOS MUNICIPIOS: UM ESTUDO SOBRE SUA RELEVANCIA NA APLICAÇÃO ADEQUADA DOS RECURSOS PÚBLICOS. (9º Período Noturno)

RAYZA DOS SANTOS ROCHA – ASPECTOS DA EXPLORAÇÃO MINERAL E O MEIO AMBIENTE NO ORDENAMENTO JURÍDICO PATRIO. (10º Período Matutino)

BRUNA STFANY NASCIMENTO DE SOUSA – ANALISE DO CRIME DE REDUÇÃO À CONDIÇÃO ANÁLOGA À DE ESCRAVO NA VISÃO CRIMINALISTA. (9º Período Noturno)

RAFAEL NEVES SANTOS E DINALVA MARIA ALENCAR FEITOSA – A DECISÃO PROFERIDA PELO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL: UMA REFLEXÃO A INCOSTITUCIONALIDADE EM PARTEDO ART. 44 DA LEI 11.343/2006. (9º Período Noturno)

DALLIANE MARIA PAIVA BARBOSA, SANDRA CLEIDE AGUIAR E SILVA – CONDIÇÕES DA AÇÃO E SEUS PRESSUPOSTOS PROCESSUAIS. (9º Período Noturno)

SARA ALACOQUE GUERRA ZAGHLOUT – EXPLORAÇÃO SEXUAL E A DIFICULDADE EM SE EFETIVAR A DIGNIDADE HUMANA. (9º Período Noturno)

JOSÉ JUNIOR LIMA GADELHAFLÁVIO ALBERTO CORREIA –  A IMPORTANCIA DA DUPLICATA VIRTUAL NOS NEGOCIOS JURIDICOS DA ATUALIDADE. (4º Período Matutino)

ABEL GABRIEL GONÇALVES JUNIOR – A JUSTIÇA PROCEDIMENTAL DO ESTADO DEMOCRATICO DE DIREITO. (9º Período Noturno)

PEDRO HENRIQUE SAVIAN BOTTIZINI E MONICE FERREIRA ABRANTES SARMENTO  - A PROGRESSIVIDADE DO IPTU E SUA INFLUÊNCIA NO CUMPRIMENTO DA FUNÇÃO SOCIAL DA PROPRIEDADE PRIVADA. (7º Período Noturno)

PEDRO HENRIQUE SAVIAN BOTTIZINI E MONICE FERREIRA ABRANTES SARMENTO – PROTEÇÃO DA MICRO E PEQUENA EMPRESA À LUZ DA LEI DE RECUPERAÇÃO DAS EMPRESAS (7º Período Noturno)

MARTINA SOUSA DE ALENCAR E DANIELA MARIA ISABELA DA SILVA DINIZ – OS DIREITOS DE VIZINHANÇA E A UTILIZAÇÃO DE INSTRUMENTOS SONOROS POR BARES SITUADOS NA PRAÇA DO PIONEIRO NA CIDADE DE AÇAILANDIA/MA. (6º Período Noturno)

MARTINA SOUSA DE ALENCAR E DANIELA MARIA ISABELA DA SILVA DINIZ – NOVO CONCEITO DE FAMILIA: UNIÃO HOMOAFETIVA. (6º Período Noturno)

VANDERLÉIA MORAIS DA SILVA – A ISONOMIA TRIBUTARIA PROVENIENTE DO TRAFICO DE ENTORPECENTES E O PRINCIPIO DA PECÚNIA NON OLET – (9º Período Noturno)

 

 

 

 

 

RSS Feed

<<

>>

Theme Design by devolux.org